sábado, 16 de maio de 2015

A LENDA

Reza a lenda que
 Nos tempos do longínquo passado
Deus andava pelos mundos,
Deixando seus rastros por todo lado,
E de suas invisíveis pegadas
Surgiram no céu as estrelas
Mostrando-nos os caminhos
Por ele seguido.

A mesma lenda também diz;
Aqueles que se escondem da noite
Por medo do desconhecido
Jamais as estrelas contemplarão.

E quando esses, homens,
Mostram-se para a luz do dia
Vão misturando-se a tudo e todos
Na desvairada tentativa de descobrir
A perfeição.

Poucos são aqueles a encontram
Avistando-a em seu próprio coração
E a maioria...
Por sequer saber do que se trata,
Pois em meio a tantas diferenças
Confundem-se,
E desconhecem no todo,
Até a data...

Pois tem uma hora,
E se é de noite ou de dia,
Não se sabe,
Que toda a palavra pronunciada
Nesse momento vira poesia
Guerreira Xue