quinta-feira, 5 de setembro de 2013

O DIZER E O SER

Como dizer sem ser?
Se ser sou obrigada a dizer
Se dizer, sou obrigada a ser.
então não sei o que  dizer

Se não ser tudo que digo
Sou alguma coisa, alguém
Tenho olhos, boca, braços, umbigo
Tenho tudo o que a maioria tem

Se me perguntam quem  sou
Reflito e logo respondo
Não sei dizer, só sei ser

Pergunte a quem me gosta
Este dirá qualidades
O que deve ser  verdade

Ou a quem não me gosta...
O que também terá resposta

Às vezes dizemos muito 
Tentando agradar 
Movidos por alguma emoção 
E sem tempo de ser tudo.
O que leva a desilusão
Fazendo alguém chorar

Às vezes dizemos pouco 
Optando pela discrição
Evitando as expectativas

E se conseguirmos ser mais
Sentimos e causamos satisfação

Quer saber?
Conheça-me... 
Então diga você quem sou eu.
Muito prazer em conhecer!

Guerreira Xue
                                           Imagem Net


quarta-feira, 4 de setembro de 2013

A SÍRIA


Queria não precisar olhar para os lados
Nem ligar a televisão,
Não ouvir sequer o radio
E nem escutar o trovão.
Queria ter os ouvidos tapados
Também ser despida de visão
Queria, mas não posso...
Impossível não ouvir todos os gritos
Nem o barulho dos destroços
Matando um povo
Uma grande nação
E o que mais me falta agora
São resquícios de compreensão
Por que?
O extermínio daquele povo, nação
Que nem clamor dos inocentes aflitos
Carece de nossa boa intervenção.
Então que matem a todos
E igualmente a mim
Quero também morrer na multidão

"A Siria enfrenta uma guerra Civil desde Março de 2011 e até agora, segundo os direitos humanos, com um saldo de 100 mil mortos.
Acuados, mais de 2milhões de Sírios deixaram o país rumo aos paaíses vizinhos, provocando uma crise de refugiados.
O contestado presidente sírio Bashar al-Assad, da minoria alauíta, enfrenta uma rebelião armada que tenta derrubá-lo.
No início, a rebelião tinha um caráter pacífico, com a maioria sunita e a população em geral reivindicando mais democracia e liberdades individuais.
Mas, aos poucos, com a repressão violenta das forças de segurança, ela foi se transformando em uma revolta armada.
Ninguém até agora parece querer meter sua "colher" e intervir no conflito, e a guerra iterna do país, parece ter mesmo escapado ao controle.
-Os EUA têm pouco apetite para intervir na região, uma vez que a rebelião é cada vez mais dominada por militantes islamitas com vínculos com a rede
terrorista da Al-Qaeda.
-A Rússia, que tem interesses econômicos e estratégicos na região, é a principal aliada do governo sírio,
e tem vetado resoluções sobre a Síria no âmbito do Conselho de Segurança.
-China, que também tem poder de veto no Conselho de Segurança, e Irã também são importantes aliados do presidente sírio Assad.

Em 21 de agosto último, a oposição denunciou mais de mil mortos em um massacre com uso de armas químicas.
O governo vem negando ter usado armas químicas, apesar de o Ocidente ver evidências em contrário.
Após o incidente, aumentaram as conversas sobre uma possível intervenção internacional no país, liderada pelos EUA.O Conselho de Segurança se reuniu,. mas não chegou a um acordo.
O Parlamento do Reino Unido votou contra a ação, e o Secretário de Defesa britânico já afirmou que não agirá militarmente no país.
-Senhor Obama se pronunciou no ultimo dia 31 " decidiu que o país deve adotar uma ação militar contra alvos do governo sírio",
mas ressaltou que irá buscar a aprovação do Congresso norte-americano antes de fazê-lo. Recursos militares para a realização de um ataque
estão posicionados e prontos para avançar sob sua ordem.
-O Papa Francisco também se pronunciou sobre o país, condenando o uso de armas químicas, mas se dizendo contra mais uma guerra. Ele pediu um dia de jejum
e orações, no próximo sábado, para o povo sírio.
Então resumindo:
30 de agosto: Após rejeição britânica a uma ação na Síria, a Rússia diz ser contrária a qualquer resolução que permita uma intervenção militar
e a Alemanha descarta participar. Já a França diz que decisão de Londres não muda sua vontade de agir e punir Assad. Israel mobiliza seus sistemas
antimísseis em Tel Aviv. O premiê britânico diz que não deve desculpas a Obama por revés na Síria, e o secretário de Estado dos EUA,
John Kerry, apresentando um relatório de inteligência sobre o ataque, diz que ele matou 1.429 pessoas, 426 delas crianças. Obama afirma que o regime
Assad precisa ser punido, mas diz que ainda não tomou a "decisão final" sobre o ataque.
O governo sírio reage ao relatório, que classifica como "mentiras" e uma "tentativa desesperada" de justificar um ataque."
NO JOGO DO PODER, ALGUÉM SE IMPORTA COM AS PESSOAS?

Guerreira Xue 01/09/2013
                                                    Imagem Net

ABRAM O LIVRO

ABRAM O LIVRO

Abram o Livro e permitam eu saber
Saber porque a Terra se encontra a girar
Qual o motivo que a leva a se mover
 E quem ao leme a conduz no seu vogar.

Abram o Livro para poder-me informar
Qual o Engenheiro que a Terra formatou
E  que sem asas para assim poder voar
Para o Universo desasada a projectou

Abram o Livro e perguntem ao autor
Quem ele é e também por onde ele anda
Se do Universo, é também seu criador
E se p'rá Terra projectou sua demanda.
Zé Loureiro
http://zemarquesdasminas.blogspot.com.br/

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Enchente

Meus olhos cansados do deserto quente
Hoje se perdem na imensidão
das águas
que vem de todos os lados
E o que seria para todos
uma benção
Virou agora uma grande enchente
Arrastando as casas, os animais
As arvores e as gentes

A vida ficou tão irreal
E eu muito desolada
Meu coração ficou vazio
e a terra que era seca, alagada

Mas não vou mais chorar
Tinha pedido agua
E agora tenho
Também não vou mais rezar

A noite será  longa,
eu sei
Mas o amanhã quando chegar
partirei
Irei embora, para longe deste lugar
Pegar o que posso carregar...
Nem sei mais o que
vou buscar

Perdi a minha esperança
neste lugar
A enchente tirou-me tudo

O meu homem foi soterrado
O meu cachorro está perdido
E o barraco desmoronado
restando a mim apenas lembranças
se foram todos, menos eu
 presa no vazio abandonada

Nunca mais,ao maldito sertão
os meus olhos tornarão a olhar
Guerreira Xue/Hilda Milk


                                       Imagem Net

GRÃO DE AREIA

A areia vai-se esvaindo...
Deixando pelo caminho
Rasto do tempo volvido
Um destino não cumprido
uma vida em suspensão.
Certeza, só no momento
solto o último grão,
silêncio, choro, lamento
talvez sim ...ou talvez não.

Livre no meu pensamento
sem principio e sem fim
vou cuidando dia a dia
com ternura e com poesia
das plantas do meu jardim
A minha vida é uma tela
a óleo ou aguarela
que cubro bem devagar
Sem técnica nem talento
as cores sou eu que as invento
para no branco as soltar
Desenho o que apetecer
uma música a tocar
um poema por escrever
arco-íris meio louco
sem regras para obedecer.
Não sei as horas que são
mas o sol já não me aquece
vou abrigar o meu corpo
que o areal arrefece
A noite vem de mansinho
Instalar-se ao meu redor
Aqueço sopa e carinho
Meu amor vem a caminho
E não há coisa melhor
LF, 2013
                                                                                            Imagem Net




SENTIMENTOS

Sentimentos sentidos, incertos, centrados, certos, positivos e desnecessários. Perde-se muito tempo, sentindo coisa bobas e idiotas e deixando de seguir adiante com coisas que realmente valham.
Existe, um e outro, quem não esquece de nada que aconteceu em sua vida, e quando vai ver, a pessoa só não esqueceu-se das coisas tristes, porque as boas se perderam no meio de tanto azedume, rancor, mágoas e ressentimentos. A raiva só dói e dilacera, a mágoa inferioriza o ser humano e o ódio deixa qualquer criatura amarga como um fel. Já a paciencia é leve e sorridente. E a esperança espera, enquanto trabalha e tempera.
Era bom se descobríssemos logo no começo da vida que sentimentos que engrandecem-nos devem mesmo ser cultivados e exercitados até a exaustão. Assim sendo, quando a raiva subisse pelas ventas, faríamos ela voltar pelo mesmo caminho, sem deixar sequelas no vivente.
Olha que beleza isso seria!
Todo sentimento seria, ou deveria ser, um tipo de hospede temporário onde os mais desejados ficam pela metade do preço e o dobro do tempo, os menos desejados seriam expulsos de nosso ser e pensar, sem qualquer dó ou piedade.
Há no mundo quem tenha sentimentos demais, aqueles que só choram, ou só riem, e fazem da sua volta um palco iluminado, onde só este é o artista principal. Estes somos nós, quando nascemos, percebe!
Tudo é nosso... A mãe, o pai, somos a única prioridade no recinto. Os pequenos com muito espaço. Em contrapartida ou só para contrariar o destino, há quem nasça e simplesmente seja jogado ao vento, disponível para quem queira ou possa dispensar tempo para alimentar ou vestir.
Diz-se também que os sentimentos são desenvolvidos pelo olfato, tato, visão, paladar e incluindo a audição, e que manda sinais ao cérebro que imediatamente influi no sistema nervoso até atingir em cheio o coração.
Não sei dizer ao certo em que parâmetro nos encaixamos nestas regras todas. De minha parte quero dizer que, gosto de gente que também goste.
Amor pode ser qualquer coisa boa, desde que provoque sorrisos, emoções e partilhas...
A solidariedade tem um valor substancial no campo dos sentimentos, penso que é amor de verdade com toda a sua essência.  E fazer algo por alguém que voce  não conhece, mas que precisa, é um ato de puro desprendimento, e se isso não é amor, eu não sei o que é.
Aprender a entender os sentimentos que mais nos faz bem, é parte de viver.
Uma vez eu pensava que não podia, ou não devia, interferir em grandes escalas no ambiente que me cerca, e hoje tenho certeza que interferimos, querendo ou não, o tempo todo. Mas viver com qualidade ainda é escolha, quando se tem oportunidade e quando não se tem, lembre-se que aquilo que te faz bem, faz ao próximo também.

"O homem só é o reflexo daquilo que ele imagina ser."
Guerreira Xue


                               A Metamorfose de Narciso, de Salvador Dáli, de 1937 (imagem net)

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

METADE E METADE

Uma vez andava eu
Tranquilo pela rua
Quando deparei-me com ela
Era quase noite
E no ceu, já nascia a lua
Ela estava na loja de doces
Parecia alheia a tudo
E era uma visão bela
Há dias eu não falava com alguém.
Me senti atraido pela figura
Seria por causa da rua
Ou pelo efeito da lua
sei lá...
Fiz um comentário idiota
Isso é grande demais
Para se comer sozinha.
Ela me olhou surpresa
E logo sorriu dizendo
Sei como resolver isso
Quer?
E sem esperar por resposta
Entrou na loja com toda a graça,
Comprou o tal doce,
E me convidou para sentar
Agora come eu e come voce
E ali, naquela mesma rua ,
Sentados em plena praça,
Dividimoso aquele bocado,
Debaixo da linda lua
E sorrindo nos apresentamos
Despedi-me com uma promessa,
No dia seguinte eu voltaria
Eu a convidaria
E Dividiriamos o doce,
Outra vez!
Outro doce, quer?
E ela concordou
Nunca mais senti falta de alguém
E dividir com ela foram muitas vezes
E eu a amei e ela me amou
E foram muitos doces
E foram muitas coisa...
Agora contamos isso para os netos
Guerreira Xue

domingo, 1 de setembro de 2013

MAR SALGADO

O barulho alto das ondas
Batendo forte nos rochedos
Rompendo bruscamente uma melancolia
Há muito tempo instalada
Segue afugentando meus medos

E o vento matreiro, movimenta as gaivotas
Também balança meus cabelos
Pingos de chuva fina surgem
Vão molhando o meu rosto
Reavivando em mim lembranças mortas

E a chuva vai engrossando
Confundindo-se com minhas lágrimas
É um choro de saudade e desgosto
Lá no longe azul do horizonte
Há um barco que distante despontando

Os olhos embassados faiscam
E uma pequena luz surge
Bem que podia ser você
Voltando para casa
Retornando aos que te amam

É sem querer as esperanças vivas
Volte amor, é o que mais quero
Para os braços de sua gente
Pois faz muito tempo, é verdade.
E contrariando todas as expectativas,
Somente eu, ainda te espero.
Guerreira Xue


                                Imagem Net