sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

O NOVO DE NOVO

O NOVO DE NOVO
Depois que aquele dia terminou
O Sol se fora
E era com certa apreensão
Que povo da praça pasmado
Observava a transformação
E de mansinho a escuridão se apoderou
Era o fim de tudo que conhecíam
E toda a multidão se apavorou
Será que vamos morrer?
Será que Deus vai nos castigar?
E de joelhos e muito alto
Todos estavam a dizer
Ó Pai, pode o senhor me perdoar?
Me escolhe, porque quero viver.
Tão estranho esperar pelo fim
Queria poder fazer mais
 E se não deu, paciencia...
O criador foi sábio
Nascemos iguais
Pelados e sem experiencia.
Nos ensinam muito, mas
Só aprendemos com nossa vivencia
E a noite amanhece
E o sol
Outra vez aparece
E os olhos que estavam fechados
Se abrem e mais uma vez ...
Elevo meu pensamento em prece.
O novo de novo !
Talvez...
E partimos novamente, para a aventura de viver.
Agora humanidade, veja se cresce.
Guerreira Xue

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

AINDA PENSO EM TI...

AINDA PENSO EM TI 
O tempo passa ...
As tempestades vão e vem
Seja dia ou seja noite
E ainda penso em ti...
As coisas sempre acontecem
E a chuva que escorre também seca
O sol amanhece e noites noitecem
E ainda penso em ti...
As mesma águas que as casas inundam
E encharcam todo o duro chão
Depois evaporam-se
E para as nuvens retornam
Eu ainda penso em ti...
Num momento da vida qualquer
No meio da tristeza ou da alegria
Os meus olhos brilham diferente
Ainda estou pensando em ti
Eu te conheço como ninguém
Te gosto como poucos
Te quero muito e bem
E continuo a pensar em ti...
Guerreira Xue
                                                                                 Imagem Net