sábado, 12 de setembro de 2015

MUNDO CAÓTICO/ LE MONDE CHAOTIQUE /CHAOTIC WORLD

Essa coisa da corrupção só recai em cima do Brasil mesmo? A presidente Dilma, o que percebe-se, não vai fazer nada até a porcaria de seu mandato terminar, pois está impossibilitada moral e politicamente.
 Queria entender mais para poder saber as respostas de imediato, pois quando mais vejo, menos eu percebo.
Como foi esta corrupção toda aqui sem ninguém ser responsabilizado lá no Estados Unidos?
Qual é o maior interessado nesta "bagunça" instaurada no País tropical?
Sujeito roubou, vai preso e pronto, voltemos ao trabalho. Qual necessidade de acabar com nosso País? Agora que elegeram a "senhora" não a deixam governar?
Um País grande tem seu valor, e tem um vasto mercado consumidor, o que é caso do Brasil e convenhamos, eesa é uma disputa de cachorro grande.

Então trazem os importados para o mercado nacional, os mais cotados são os carros e componentes eletronicos, levando os brasileiros a consumir enchendo os bolsos do tio Sam, do Japão,China , etc....
Lembretando que gente sem instrução é mão de obra barata. Gente sem informação acredita em tudo que "vendem" na mídia.
A atitude individual de ajudar conta bastante em momentos de crise, porque nem sempre a posição de um País reflete sua maioria.
Nem dá para comentar a guerra da Siria com a debandada de seu povo para outras terras.
A ONU de repente não tem serventia nenhuma, pois não exerce sua função em estados de guerra.
A situação política da Venezuela não é de democracia. Mas se pensar melhor, quem somos nós para dizer o que é democracia, quando muitos brasileiros vão as ruas pedir militarismo?
O direito tem, tinha quero dizer,  que ter prioridade pelo bem comum, e quando descobrir-se o que isso significa  quem sabe quebremos esta cultura de espertise que está entranhada até os ossos.
A Hungria constroi muro para conter a chegada de imigrantese Portugal refuta ter já seus famintos, portanto não precisam de mais.
A economia mundial foi para o beleléu
É claro que os banqueiros estão guardando o dindim para momentos mais propícios, ou talvez estejam investindo em fábricas de medicamentos, tecnologias, metalurgica.
E o mercado armamentista vai muito bem obrigada.
E depois da guerra?
Precisam de dinheiro para reconstruir o País, e quem tem o faz-me rir?
Os americanos estavam falidos tem mais de vinte anos e justo agora quando, deste a última década, a miséria assola o mundo, o senhor Obama vem com "boas notícias". Que milagre será este?
As vezes quase que se chega a alguma compreensão, mas quando parece claro, logo fica confuso de novo.
Quem é a favor da paz, tem que lutar por ela, e se lutar, está fazendo guerra.
Sem luta não há guerra, e nem paz.
E o mundo segue caótico com cabeças de vento e brisa.

Guerreira Xue
                                                                        
(Foto: Bulent Kilic )

















segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Meus Eus

 Eu pensava que era só Eu, mas não era. Foi quando descobri que tinham vários, e cada um exigindo seu tempo de existir, pois havia que ser justa e não ter preferidos. Então uma vez resolvido decidimos que um aparecia de manhã, outro a tarde e outro a noite.
Não demorou muito e percebeu-se que o Eu sortudo era o noturno porque sonhava, e Eu sonhava toda a noite.
Descontente com a situação os demais Eus começaram a reclamar, pois queriam também o direito de sonhar.
Se Eu podia sonhar, Eu também queria.
Eu então decretei: “Qualquer Eu pode sonhar”.

Guerreira Xue/Hilda Milk


domingo, 6 de setembro de 2015

Ser Sendo

Enquanto pessoa penso que ser igual a todo mundo nem sempre é vantagem, ser desigual também não. Tudo varia dependendo do ponto de vista, se é que você enxerga claro, e se acaso você for algum cego, há que compreender que tem gente que vê perfeitamente. Então não vai adiantar muito você falar, calar, fungar ou chorar. Já tentei todos estes artifícios antes e afirmo, não deu certo. E daí, se todos tentamos. Uma vez minha avozinha disse:
“A melhor pessoa do mundo existe e até sei onde ela mora”. E eu perguntava-lhe curiosa onde à dita morava. “No cemitério”.
Guerreira Xue/Hilda Milk

E.T. DA TERRA

Todos os dias eu paro na estação para descansar das compras do supermercado, sei que é feio observar os transeuntes mas não me importo, pois sou invisível. Todos parecem E.Ts, absorvidos em seus fones. Alguns falam alto, e quando estão perto até consigo entender o que se passa.

Uma vez vinha eu da cidade, e tinha uma senhora no fone falando com a filha que morava no Ceará, o percurso durou quarenta minutos. Então eu fiquei sabendo que seu neto estava usando drogas, a neta aprovada na escola, a filha tinha novo emprego, e qual o cardápio do jantar. Que tal?
Guerreira Xue

ARTE EM SER FELIZ (máscara)

Era isso ou nada. Tinha dias que Rodrigo chorava, e da vida o sujeito reclamava. Seu desgosto era um traço marcante de personalidade e não havia um dia sequer, que o rapaz não blasfemasse. Isso sem contar a sua hipocondria galopante, claro.
Era como se todos, de alguma forma devesse-lhe qualquer coisa, e pagar-lhe-iam certamente.
'Quero que o mundo se exploda. Ninguém liga para mim.'
Depois que Rodrigo fazia todos à volta desconfortáveis com suas queixas e lamentações, esquecendo a razão de estarem sorrindo, ele como se nada tivesse acontecido, irradiava o mais belo dos sorrisos.
‘Como eu estou feliz!’

Guerreira Xue