quinta-feira, 8 de maio de 2014

QUEM ÉS TU?

Quem és tu? Menino travesso
Quem és tu? Que eu não conheço?

Quem és tu? Menino das ruas
Que tens tuas carnes quase nuas

Quem és tu? Menino travesso
Que eu olho e não reconheço?

Quem és tu?Que vagas pelas calçadas
Que troca os dias pelas madrugadas

Quem és tu? Menino da escola
Que corres atrás de uma bola

Quem és tu menino travesso
Quem és tu, que eu desconheço

Em casa menino obediente aplicado
Na escola menino rebelde dissimulado

Quem és tu? Menino riquinho
Que esnobas teu amiguinho?

Quem és tu? Menino travesso
Que te olho e não reconheço?

Quem és tu? Menino travesso
Que finges na vida apreço?

Quem és tu? Que eu desconheço
Quem é tu menino travesso

Que entregas tua meninice a maconha
Essa praga tão vil e medonha

Quem és tu? Menino travesso
Quem és tu? Que eu desconheço?

Quem és tu? Menino travesso
Que já não tens endereço

Quem és tu? Que eu mal reconheço?
Quem és tu? Menino travesso

Quem és tu? Que eu desconheço?
Ès tu um menino travesso

Que na vida eu mal conheço
Que viras tua vida do avesso

Bem sabes, que um dia
Pagarás o teu preço!

Zelair S.De Carvalhodo livro da autora,
Perfume de tua Ausencia
http://www.clubedeautores.com.br/book/160579--Perfume_de_Tua_Ausencia#.U2t0q_ldUwA
                                

terça-feira, 6 de maio de 2014

AMAR UNS AOS OUTROS...

Ai ai... Queria entender como pode um "ser", ser capaz de fazer mal à seu próximo, e como uma suspeita pode provocar atos tresloucados de crueldade sem qualquer direito à redenção!
Nossa sociedade está doente, e com ela vamos ficando também.
Como queremos um mundo melhor, no meio deste caos à nossa volta?
Querem prender as nossas crianças e digo nossas porque tudo nesta esfera é nosso, matando a inocência desde cedo.
Se mesmo quem cumpre a sua penitencia religiosamente numa desta prisões, não consegue uma mínima oportunidade de retorno ao convívio social.
Qual é a lei que rege este mundo, que de cão não tem muito, mas que faz uma turba enlouquecida matar com pauladas uma pessoa na rua?
Quem disse que somos racionais, quando geramos filhos indiscriminadamente, igual gatos ou coelhos, e depois não temos como dar-lhes uma vida digna, educação, respeito e direito à mesma?
Cometemos muitos erros, tantos que nem mesmo nós sabemos, e pensar que só acontece aos outros é praxe, pois é mais fácil de ignorar  o que não nos atinge diretamente.
Mas os filhos dos outros existem, e na maior parte das vezes, é com eles que os nossos namoram, se casam e nos dão netos.
Melhor então, é pensar direito...
Não há chances ou recomeços e nem volta para o lar, ao seio dos que amamos?
Amamos! Alguém se lembra disso quando liga a televisão e vê o espancamento de uma pessoa numa rua qualquer da cidade? Pois é...Ela morreu, e nem sabe por que foi. E quem a matou? Uma gente enfurecida e descontrolada.
Toda esta ladainha de Deus, perdão e amor não existe, enquanto não assumirmos nossas próprias responsabilidades e aprendermos a melhor de todas as lições, solidariedade para com todos que nos cercam.
Até a Bíblia , que ja relatou épocas de um tempo do "olho por olho, dente por dente",  tentou algum resgate de sanidade entre os povos, com a vinda do "salvador", e esse só pregava um único mandamento, que ao meu ver, ainda não foi entendido. Amar uns aos outros, como "voce"se ama. Porque aquele que não carrega seu Deus dentro de si, não o tem em lugar algum.
De uma coisa estou certa, as prisões andam cheias de inocentes, e as cidades lotadas de culpados.
Guerreira Xue        

                             Imagem Net