quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Grande Pássaro

O dia termina e eis que a noite aparece
O pensamento, que andou o dia distante
Agora chega mais perto
Como que fosse um grande pássaro
A espera de alguém para pousar
Ele espreita suavemente e avança
E ao pensar na vida fiquei tão triste
Que desandei a chorar
Logo argumentei comigo mesma
Não é um grande drama chorar
É só chorar
Depois do berreiro, a coisa passa
Mas agora nesse momento
É chorar, e chorar muito
Com se o mundo de repente
desabasse
Como se eu desabasse
E caindo
me juntasse ao pó da terra
Sem preocupar se alguém vai condenar
É só chorar...
Seguir adiante requer tanta força
Que quase chego a entender bem
aquele que desistiu de tudo
Há uma força motriz dentro de nós
que nos impele a estagnar
Em velhos moinhos que foram
abandonados
menos por quem se deixou ficar
acorrentados
Se o ato de chorar for pena
Estou com pena de mim
com pena do mundo
Que por alguma razão se perdeu
me perdeu.
Guerreira Xue