domingo, 27 de março de 2016

Fragmentos da vida

A menina sentada desenhava seus sonhos de coisas imaginárias, enquanto a mãe preparava o almoço. Uma distraída com as cores, e a outra com as batatas, quando alguém bate a porta. Era o homem que fazia a leitura da luz. O gato que dormia no canto se eriça todo e corre para a mãe, cercando-a como que para defende-la da invasão do estranho.
A menina continuava em seu mundo a desenhar...
O homem da luz tira a medida, entrega-lhe a conta, e vai embora. Então o gato volta a dormir e a mãe para as suas batatas.
-Vamos almoçar filha!

Guerreira Xue/ Hilda Milk
https://www.facebook.com/GuerreiraXue
http://www.escritor-leandro-campos-alves.com