domingo, 25 de novembro de 2012

- Estapafúrdio conto de Natal -Cidadão Anonimo

- Estapafúrdio conto de Natal -

Após horas, dias, anos e gerações... De gente com uma vida inteira de coluna inclinada, com pés na água amanhando o arroz, Chung-Hee, também conhecido por Chung-Ho (o Sr. Justo), mais a sua extensa família viva de mais de 322 membros espalhados pelas margens do rio Amnok, bem longe de Pyongyang, capital do revolucionário império, nunca tinham visto tamanho brilho no céu estrelado daquela noite gelada, como o de á duas noites atrás.
 

O evento veio-se a revelar confrangedor.
Os Deuses mandaram um trenó puxado por uma quadriga de vistosas renas... Exuberantes, apanharem o grande Líder do Povo Kim Jong Il, e dar-lhe boleia até aquele estrelado céu da liberdade, para premiar a um Povo, seu descendente directo, qual sucessão genética, aristocrática mesmo, como por obra do Espírito Santo (aaiii...que os Deuses e todos os santos me perdoem) …
Boas Festas Povo da Grande Republica Democrática e Popular da Coreia do Norte.
Longa vida a todos os lideres a começar pelo mais moderno Pai de algumas, se não todas as amplas liberdades democráticas conhecidas, o supremo Kim Jong-Il e seu herdeiro, passando pelo pai natal, Obama, Angel Markel, Sarkozy, e porque não, acabar a viagem e meter no pacote a nossa tão querida e iluminada e esclarecida assembleia da república portuguesa?
 
 ************************Fim***************************************
Cidadão Anonimo de nome António Fazendeiro