domingo, 29 de setembro de 2013

UM JOSÉ...


Homem simples
Um ledor de livros
Tirou a poeira dos velhos
E numa releitura dos mesmos
Sacudiu as idéias
Colocando novas perguntas
Disse o que pensava
Uma mente brilhante
Criticava a hipocrisia
E sob novo olhar
Percebia outra perspectiva
Praticando o inconformismo
E o tempo corria
Foi poeta, argumentador
Dramaturgo, escritor
Mecânico e romancista
Viveu o que queria
Ganhou, perdeu
Foi deveras criticado
As vezes chorava
Outras tantas, ele ria
Também foi cético
E por vezes apaixonado
E como o tempo não perdoa
Agora a morte o calava
Um contador de histórias
Um homem simples
....um José Saramago
Guerreira Xue-            
JOSÉ SARAMAGO   16 /11/1922 -18/06/2010
Ficheiro:Saramago by bottelho.jpg
                                    Obra de Carlos Bottelho