terça-feira, 1 de outubro de 2013

SOU, SOMOS...

SOU, SOMOS...
Confesso
Que sozinha sou nada
Uma folhinha no vento
Uma poeira na estrada
Mas juntos, somos tudo
Somos Deuses
Juntos, somos o mundo
E somos o sagrado
Somos o que vestimos
Somos o que comemos
O que lemos
e que escrevemos
E o que dizemos e fazemos
Confesse voce também
Que sozinho
és ninguém
Somos predestinados
Temos o céu, a terra
E tudo que há nela
Apaixonados
Sonhamos e realizamos
E neste tempo vivido
Edificamos e destruímos
E sem nós
Tudo o mais que existe
perde totalmente o sentido..
Guerreira Xue
Post Thumbnail
 Imagem Net  “Monsaraz: Entre o Céu e a Terra”