segunda-feira, 4 de novembro de 2013

OS LÍDERES

OS LÍDERES
As tecnologias avançaram rapidamente distanciando o homem do campo e do meio rural. A comida em sua maioria agora é desenvolvida em laboratórios ou pequenas estufas particulares, o que diminui sensivelmente o volume da produção dos alimentos, culminando com aumento da população em grande parte do planeta terra. A miséria assola os países da Africa e parte da Ásia, da Europa e Américas.
O mundo virou uma grande sucata de lixo radioativo e vai proliferando as doenças endêmicas. Os remédios existem, e quem paga, é que tem a oportunidade de viver mais.
Poucos países tem a economia estável e os que tem, controlam a entrada e saída dos imigrantes. O tráfico de pessoas em franca expansão, os chamados ilegais transitam livremente em navios, aviões ou trens e o negócio de escravos é lucrativo. Todos prisioneiros de uma miséria universal absoluta e incontestável.
Os lideres administram riquezas, entende-se que na falta não há o que administrar e na divisão das classes só aquele que pode, é que tem direitos.
Este ano o encontro dos mais ricos será de grande importância. A midia dirá aquilo que pode dizer e os lideres em portas fechadas, decidirão o destino da humanidade.
-Senhoras e senhores, peço-lhes a atenção por favor. Começa o presidente  muito sério.  Quero comunicar-lhes que há mais ou menos um ano a nossa base secreta vem recebendo mensagens codificadas do espaço. Nossos especialistas demoram a entender o seu teor e agora que foi decifrado,venho por os senhores a par do conteúdo das mesmas.  Vejam os senhores mesmo ...
No telão aparace uma série de números e hieróglifos e a seguir sua tradução.
- Segundo nossos especialistas, se trata de um aviso. Eles se denominam "os pacifistas" e como nossas reservas se esgotam rapidamente, eles virão em nosso socorro. Nosso planeta vai morrendo rapidamente agora.
Porém disseram enfaticamente que não levam todos, pois é muita gente.
Uma plateia que até então estava estática, se levanta.
-Como é isso? Vão nos deixar morrer?  Perguntavam.
-Calma que eu explico. Em princípio disseram que iam levar  um casal de cada espécie, depois de eu argumentar que éramos muitos e que isso seria crime de assassinato com a nossa espécie, eles me responderam que esperariam uma reunião de conselho, que aconteceria em breve, uma vez que somos muitos e nosso problema é grave. Iam instituir um tribunal elegendo um deles para advogar a nossa causa.
Outra vez uma agitação...
-Mas quantos serão salvos?
-Acha seguro não ser um de nós, a advogar a nossa própria causa?
-Ainda não sei responder isso, mas adianto que como sou eu que estou tratando do assunto, serão aqueles que eu indicar, com certeza.
-Argumentei também sobre um estranho que não nos conhece, nos defender, e que não era justo, não podermos falar por nós. Eles me responderam que se seguíssemos pela linha da "justiça" , eles nos deixariam todos perecer. Destruímos nosso próprio habitat, segundo eles.
E só se ouvia o burburinho.
-Pagamos o que for necessário para estar nesta lista.
O presidentes ainda pondera sem muita energia, mas sorrindo muito ante a possibilidade de se tornar mais rico ainda.
-Talvez eles queiram adotar algum critério senhores. Pensem que não temos tantas alternativas assim. Ou vamos com eles ou morremos aqui, junto com a ralé.
Ao que um dos ouvintes responde:
-E que critério seria este? Se todos aqui juntos, somos as personalidades mais importantes do mundo. Eles é que não saberão quem são os importantes, até que voce lhes diga, não é mesmo senhor presidente?
- É verdade. Responde o  líder da reunião.
-As rebeliões estão cada vez maiores lá fora... A comida "deles" acabou senhores. Não há campos férteis, só trincheiras. A água contaminada não serve nem para banho. Gostaria de avisa-los que nosso tempo se esgota rapidamente. Precisamos de uma estratégia imediata para acalmar o mundo.
Todos ficam em silencio por alguns instante, Até que um se manifesta.
-Peça ao santo padre que nos ajude a acalma-los, a religião sempre os enleva o espirito. A promessa do salvador, o paraíso, etc, etc...
-Boa ideia. Nada melhor que um banho de santidade nestas horas de dificuldades.
A partir de hoje criamos uma linha secreta de comunicação, e vou notificando a todos sobre o andamento  da negociações com os pacifistas.
E pelo que entendi da proposta "deles" é que em breve teremos um novo planeta para viver.
Aqueles que quiserem se manifestar, fiquem a vontade.
A terra morreu e agora, não tem nada que possa modificar ou remediar a situação.O que nos resta é acatar os pacifistas e nos retirarmos deste "esgoto" a céu aberto.
Guerreira Xue

     Imagem Net