segunda-feira, 16 de setembro de 2013

A MAGIA DAS PALAVRAS

Descobrir o poder das Palavras
Um abrir de portas para além
Outro universos se descortinam,

E a coragem chega aquém
Destes quase desconhecidos
Lamentando a própria sina

Mais pessoas se emudecem
Matando ideias e consciencias
Em longos dias comprimidos

Sentimentos que não crescem
Minguando aos poucos...
com ausências dos queridos

A compreenção da beleza,
O amargor de um desfeito
Amar ao próximo..
.
Não importando a natureza
Seja do campo ou da cidade
Viver alegria ou a tristeza

A satisfação de um feito
Descrever a felicidade
O olfato, paladar e cheiro.


Dias de compreenção
magia ao acaso...
o príncípio do rabisco
e foi fluindo...
Quando se percebe,chega
 o ponto final

Desnude a alma, na ponta dos dedos
Desenhe os caminhos livremente
Simplesmente falando


Como que água, a sair de uma tina
E virando lentamente
As palavras vá derramando
Guerreira Xue
Imagem Net