quarta-feira, 25 de setembro de 2013

LOUCOS SONHOS

Quando a luz apaga
E nossas mãos se tocam
Um fogo vai ascendendo
E almas vestidas de pele
Misturam-se em sensações de cheiros
Gosto e sabor
E como uma dança milenar
Num instante
A minha boca e a tua
Se encontram
Acontece uma explosão de luzes e cores
O que vem depois
É um delírio desvairado
Uma fome de mim por ti
De ti por mim
Que só termina quando esgotados
Dormimos entrelaçados
Guerreira Xue

            Obra Bruno Steinbach “Nômades Amantes do Tempo II”