quarta-feira, 26 de março de 2014

O AMOR E O ÓDIO

O AMOR E O ÓDIO
Qual a distancia entre o amor e o ódio mesmo? Hoje conversando com um amigo, ele me disse que quem ama também odeia, será?!
Quem ama não se conforma, e acaba por destruir o sentimentos com a dominação, e o outro também o destrói pela submissão. Seria esta então uma tentativa de não mostrar fragilidade? 
Em minha modesta opinião, e é modesta mesmo, prefiro pensar que as pessoas não sabem amar. Acho menos triste, e algumas com o tempo até aprendem, sabe. Na maior parte do tempo são dois mundos construindo uma relação, e ou por excesso de orgulho de parte de um, ou por resignação por parte do outro cria-se o equivoco mais comum nas sociedades, a perda da identidade.
Na busca de nós mesmo, esbarramos nos outros e quase sempre são os nossos reflexos que nos empurram na direção contrária. Amor e ódio pode ser perto um do outro, mas entre um e o outro existe a amizade, o companheirismo, a fraternidade e o respeito .
Claro que a maioria segue acreditando em reencarnação, porque mesmo que viva um século inteiro ainda não descobriu o segredo do amor. E ai, a esperança é a próxima encarnação mesmo.
Guerreira Xue                           
                                                               Imagem Net