quinta-feira, 12 de setembro de 2013

EXISTENCIA / ESPERA

EXISTENCIA
Existe algo em mim
Existe algo em ti
Coisas boas em ambos
Um gosto imenso desse gostar
Que poderia viver disso
Não lembro mais como era antes
Não sei dizer como será depois
Vivo agora a tua espera
Para te sentir, te falar de nós dois
Há um mundo grande lá fora
E outro bem maior em nós

ESPERA
O que é a espera, senão uma esperança?
O que é a vida diante da morte
Senão um pequeno intervalo?
O que é o amor, senão brincadeira de criança?
O que faz luz, senão quebrar a escuridão?
O caminho quem faz, senão nossa próprias andanças?
Tudo parece ter seu lugar, sua cor
Quem escreve o destino, senão nós mesmo?
Quem constrói a felicidade, senão for feliz?
Até mesmo o matiz, faz parte da flor.
Enquanto um vai, outro vem
E quantas coisas ainda não fizeram
Enquanto seco minhas lágrimas , o sorriso aflora
E atos pequenos e grandes se misturam
Nossas esperas não esgotam, só descansam
O dia termina, a noite começa, e de manhã...
A espera acorda...Dona senhora.
Guerreira Xue